Fotos retiradas do weibo oficial do estúdio do Yixing.

Prefácio de <Aguentando firme aos 24 (而立24)>
A aparência de um coração que se destaca

 

foto01

 

Enquanto escrevia esse livro, eu sempre pensei sobre os anos que treinei na Coréia. Algumas vezes, o que aparecia em minhas lembranças era o espaçoso estúdio de treinamento no subsolo. Algumas vezes, eu pensei sobre aquele “eu” que acordava no meio da noite se sentindo perdido…

 

A coisa engraçada é que eu pensei nesses dias não pela dificuldade deles, mas por causa que, depois de caminhar por alguns anos, eu percebi que cada uma dessas noites foram essenciais para eu ter a vida que tenho agora.

 

Tenho uma lembrança incrustada em minha memória: a primeira apresentação no palco, todo mundo viu como eu ri facilmente e como dancei confiante. Porém, só eu sei que naquele momento, meu coração estava cheio de vontade de escapar. O palco era enorme, os aplausos eram altos. No momento que meu nome foi chamado, no momento que minhas pernas caminhavam – no meu coração, outro sentimento diferente da excitação/alegria que eu demonstrava, se formou, tomando minha cabeça com perguntas: “Eu errei o posicionamento agora? Minha apresentação foi satisfatória? Eu não devo falar nada errado. Minha reação foi muito lenta? Nós teremos reconhecimento? Nosso futuro será bom?”

 

foto02

 

Eu me lembro de ter escondido cuidadosamente esses sentimentos, me colocando entre meus colegas de grupo e me confortando: “É ótimo que nós tenhamos tantos membros!”

 

Sobre se eu realmente pertencia à aquele palco ou não, eu ainda tenho uma grande e profunda aflição sobre isso. Mas as músicas devem ser cantadas e as danças devem ser dançadas… Quando minha mente está vazia e eu não consigo pensar, dependo inteiramente da minha memória corporal para conseguir seguir com a apresentação. Quando assisto o nosso vídeo de debut, agradeço por não parecer muito preocupado.

 

Naquele momento, eu finalmente entendi aqueles milhares e centenas de treinamentos contínuos e repetitivos, onde cada ângulo dos nossos movimentos deviam estar iguais/uniformes. Eram nesses momentos que nossas mentes se apagavam e apenas os nossos corpos podiam memorizar (os passos). Meu corpo estava aguentando, mas meu coração não estava. Portanto, o que me deu coragem de encarar todo aquele barulho e as luzes do palco, foi apenas a minha memória corporal.

 

foto03

 

Então, eu não posso esquecer esses anos que treinei na Coreia, porque é meu corpo que continua me lembrando deles. Naqueles anos, meu corpo nunca parou de ser impulsionado, de ser movimentado, de ser forçado a terminar as ideias da minha cabeça, sempre fazendo o que estava no meu coração. Uma vez, eu fiz uma vídeo-chamada com minha mãe. Naquele tempo, eu ainda estava treinando no estúdio do subsolo. Eu torci minha camiseta na frente da câmera e com um “splash”, meu suor foi derramado por todo o chão. Então, eu disse: “Mãe, eu realmente trabalhei duro. Se eu não debutar, não me culpe!”

 

Só mais tarde que eu refleti sobre a razão de eu ter dito aquilo naquele dia. Era um sentimento escondido profundamente, até de mim mesmo. Para mim, todos os meus esforços devem ter um resultado. O significado do trabalho duro é para, esperançosamente, se tornar uma pessoa melhor. E eu estava com medo dos meus esforços não “verem” essa esperança. Também, naquela época, eu apenas podia usar todas as minhas forças para segurar as inseguranças do meu coração, além de ser sensível, já que não sabia a razão de ter que passar por todas essas dificuldades.

 

foto04

 

Trabalho árduo pode não te levar onde você deseja, mas ele sempre irá te dar resultados; independentemente de qual seja o resultado, será completamente diferente de não ter trabalhado duro. Ninguém pode determinar que tipo de futuro que terá, mas esses sentimentos acumulados em seu corpo – no momento que você fica de pé, eles irão determinar que tipo de postura que você terá e a sua posição no futuro!

 

Algumas vezes, eu ouço pessoas falando que eu tenho talento. Na verdade, eu penso que realmente não tenho. “Sonho” é uma palavra estranha. Você pode começar com um sonho, mas você terá que batalhar por tudo na realidade. Claro que isso não é realmente sonhar. Alguém me disse uma vez que sonho é, na verdade, como se parece o coração dessa pessoa (daquela que sonha). Estar em cima do palco para que todos me vejam, na verdade é deixar que o público veja como o meu coração se parece; que vejam os meus sonhos.

 

Se as pessoas olharem para o meu corpo e verem o meu coração, acho que poderei voar! Eu sempre vejo um dragão dentro do meu coração, me protegendo. Então, ele definitivamente pode me fazer voar.

 

foto05

 

O nome do livro é <Aguentando firme aos 24>. A razão disso é por causa da frase de Confúcio: “Aos 30, eu aguentei firme”.Também é originado do encorajamento que a Pequena Secretária me deu, além de considerar a frase como um pequeno sumário sobre a minha pessoa. Tenho apenas 24 anos e menos de 6 anos completos aguentando firme. Eu com certeza pensei: “Isso é realmente apropriado?”

 

Mais tarde, finalmente entendi que esse livro é sobre eu olhando o passado; olhando tudo que encontrei. O significado de olhando o passado é, com certeza, de avançar em frente para um futuro melhor. Avançar em direção do “Aguentando firme aos 30”. Então, todo mundo que esteja lendo esse livro, por favor, entendam que ele foi escrito por minhas mãos de 24 anos de idade com toda liberdade possível.

 

Eu tentei o meu melhor para analisar o passado, usando o meu coração ousado, para avançar em frente!

 

No meu futuro, espero que eu possa subir em um palco seguido de outro. Ficando em pé nele, firme, usando as forças do meu coração. Apenas depois disso que poderei falar sobre ser admirado, ter me completado e ser capaz de ajudar os outros mais ainda. Eu espero que eu sempre me lembre de todos esses sentimentos de perseverança e trabalho árduo que permanecem em meu corpo. Foi com força deles que me tornei quem sou atualmente.

 

Além de se manter firme, você decidirá qual tipo de vista que quer ver; qual tipo de responsabilidade que quer ter; qual tipo de pessoa quer ser; qual tipo de futuro que quer viver.

 

Um coração que se destaca apenas “trabalha duro, trabalha duro e trabalha mais duro ainda”!

 

eng-trans cr: layixingworld  | Originally posted here / Originalmente postado aqui
pt-trans cr: LayBrazil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.